Tempo em Brusque:
city not found
HomeINCLUSÃO E DIVERSIDADEEEF GEORGINA TEM SEMANA DA INCLUSÃO MOVIMENTADA

EEF GEORGINA TEM SEMANA DA INCLUSÃO MOVIMENTADA

Trabalhamos a educação inclusiva buscando conscientizar os alunos e todos os funcionários da Escola de Educação Fundamental Professora Georgina Carvalho Ramos da Luz, da importância de incluir e respeitar esses alunos ditos “especiais”.

Durante a semana de 27 a 31 de agosto preparamos uma programação para envolver todos os alunos, foram realizadas algumas atividades como construção do mural com o tema: “Plantamos essa ideia em nossos corações”. Apresentação das Educadoras Sociais e com os alunos do AEE (Atendimento Educacional Especializado), Desfile Fashion Inclusivo, Roda de Conversa com o Senhor Sidnei Knhis.

O ponto culminante aconteceu na segunda-feira dia 27 de agosto com todas as turmas onde ocorreu uma apresentação da música: Normal é ser diferente do autor Jair Oliveira. Somos diferentes, mais nada disso importa, pois a gente se gosta, e é sempre assim que deve ser. E o Poema: “Incluir é…” do Autor João Beauclair.

  • Adaptamos um espaço para o Cine Inclusivo onde as turmas assistiram o filme: “Por quê Heloisa? Heloisa é uma menina com paralisia cerebral ela frequenta uma escola regular, onde todos aprenderão a lidar com a diferença, entendendo o significado das palavras solidariedade e inclusão.
  • Outro filme também: “Milly e Molly”. Elisa é uma criança que tem a deficiência visual que precisa frequentar uma escola de ensino regular, no decorrer do filme pode-se perceber a construção e elo de amizade entre as crianças.
  • Desfile Fashion Inclusivo com as turmas dos anos finais. Com o objetivo de representar alguma deficiência, neste dia todos mostraram a sua diferença, seja a diferença no vestir, no andar, no agir, no ver.
  • Roda de conversa com o Senhor Sidnei Knhis que é deficiente Visual, veio para compartilhar um pouco da sua trajetória e apresentar alguns métodos, livros em Braille.

Para realizar essas atividades houve a participação de muitas pessoas para que tudo desse certo. Nós trabalhamos a semana da inclusão, mas devemos trabalhar sempre e todos os dias para que a cada dia não precisássemos mais lembrar sobre incluir e sim sobre conhecer, amar e respeitar.

Sem comentários

Deixe um comentário