Brusque
23 C
nublado
Brusque
humidity: 99%
wind: 0 m/s S
H25 • L23
Tue
28 C
Wed
33 C
Thu
34 C
Fri
36 C
Sat
34 C
HomeCULTURAPROJETO GALERIA ITINERANTE VAI À ESCOLA

PROJETO GALERIA ITINERANTE VAI À ESCOLA

O projeto consiste em levar o acervo da Bienal Internacional de Artes de Brusque de 1989 para as escolas da Rede Municipal de Ensino. A primeira edição será na Escola de Ensino Fundamental Poço Fundo e ocorrerá no dia 20 de maio (sexta-feira), nos períodos matutino e vespertino. 
O Projeto Galeria Itinerante vai à Escola, foi desenvolvido pela Fundação Cultural de Brusque e Secretaria Municipal de Educação.

Neste projeto, Cultura e Educação se unem em um processo de identificação e valorização dos bens culturais e artísticos existentes em Brusque que envolverá os alunos da Rede Municipal de Ensino de Brusque e a comunidade local. O objetivo é propiciar o contato com as obras de arte da Bienal Internacional de Artes de Brusque de 1989, tornando assim, a arte e a fruição artística parte do cotidiano dos jovens, assim, uma nova geração terá compreensão da importância de ser espectador,  preservar e valorizar nosso patrimônio artístico. Como o projeto será desenvolvido: A expografia do projeto na Escola de Ensino Fundamental Poço Fundo contará com obras de arte dos seguintes artistas:
Calin Beloescu – País de origem: Romênia.
Romul Nutiu – País de origem: Romênia.
Sal Gerd-Beyer – País de origem: Alemanha.
Antero Olin – País de origem: Finlândia.

Os alunos de oitavos e/ou nonos anos farão parte de uma formação imersiva sobre aspectos históricos, culturais e estéticos de cada artista e para isso contarão com uma equipe multidisciplinar envolvendo os mediadores do Núcleo de Formação de Plateia da Fundação Cultural de Brusque e os educadores da EEF Poço Fundo das disciplinas de artes, história e geografia. Além disso, a galeria ficará aberta para visitação das demais turmas, professores, equipe escolar e comunidade. 
Sobre a Bienal Internacional de Artes de Brusque de 1989: A Bienal Internacional de Artes em Brusque em 1989 foi realizada entre os dias 28 de julho a 13 de agosto de 1989, no pavilhão da FIDEB e foi promovida pelo Departamento de Artes Plásticas da ASSAC (Associação Artístico Cultural de Brusque), Prefeitura Municipal de Brusque e Secretaria de Estado da Cultura e do Esporte. O artista Jorge Grimm, diretor do Departamento de Artes Plásticas da ASSAC e coordenador da Bienal, foi o curador e contou como membros da comissão organizadora André Antônio Lando, Eduardo Artur Pereira, Ester Renaux, Jorge Grimm, Jussara Renaux, Marisa Dittrich, Rubens Aviz e Verônica Loos. A exposição contou com a inscrição de mais de 500 artistas, entre eles 90 eram brasileiros e os demais estrangeiros de 54 países, e totalizou em média 4 mil obras expostas que foram divididas em áreas de acordo com as linguagens artísticas, entre elas, pintura, escultura em cerâmica, fotografia, arte postal, selo, impresso, fita cassete e poesia. Estima-se que durante os 13 dias de evento mais de 5 mil pessoas visitaram a exposição. Foi considerado “O maior evento artístico de toda a história de Brusque” – Jornal O Município em 12 de maio de 1989.

No comments
%d blogueiros gostam disto: