Brusque
16 C
chuva forte
Brusque
humidity: 99%
wind: 2 m/s ESE
H18 • L16
Wed
14 C
Thu
18 C
Fri
19 C
Sat
19 C
Sun
21 C
HomeCMIDBrusque vai instalar 40 estações meteorológicas em escolas municipais

Brusque vai instalar 40 estações meteorológicas em escolas municipais

Foram apresentadas oficialmente na tarde desta quinta-feira (30), as 40 estações meteorológicas adquiridas pela cidade de Brusque e que vão ser instaladas em unidades da Rede Municipal de Educação. Os equipamentos vão servir como mais uma nova ferramenta de ensino e importante recurso para monitoramento em tempo real das condições climáticas da cidade.
A secretária de Educação Eliani Aparecida Busnardo Buemo explica que a aquisição de 40 estações meteorológicas é uma ação da Prefeitura de Brusque por meio da Secretaria de Educação que de forma direta vai contribuir com a Defesa Civil do município.

“Elas se tornam a partir do momento de entrega e instalação, uma ferramenta no processo ensino aprendizagem, onde algumas áreas, como Geografia, Ciências, Matemática, poderão ser exploradas por meio da ferramenta, e contribuir com informações dessas 40 localidades, em tempo real, para a Defesa Civil, num conjunto de aspectos do clima”.

Eliani reforça que as estações meteorológicas fazem parte do projeto da robótica educacional. “Está relacionado com o projeto pedagógico, às habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ministério da Educação, às metas do Plano Municipal de Educação, sobretudo, à meta que trata da inovação tecnológica. A atividade vai envolver todos os alunos da rede municipal, inclusive da educação infantil”.

A partir de sua implementação nas unidades escolares, as estações meteorológicas vão servir aos professores de diversas áreas do conhecimento, como Geografia, Ciências, Matemática. Em cada unidade escolar, elas serão mais uma ferramenta a auxiliar na mediação de atividades pedagógicas, dentro do processo de incentivo e estímulo ao pensamento computacional, à inovação e ao uso das tecnologias como ferramentas do processo ensino e aprendizagem. E ainda, permitirão aos alunos o aprendizado sobre como é feito o monitoramento dos fenômenos atmosféricos, tais como a temperatura, umidade do ar, velocidade, direção do vento, pressão atmosférica e índice pluviométrico.

Sobre a definição dos locais que vão receber as estações meteorológicas,a secretária explica que a Defesa Civil, vai apontar quais são as unidades que devem ser instaladas, pela localização, condição, dentro de uma análise técnica. “Toda criança, todo aluno que estiver naquela unidade, com seus professores, farão o uso pedagógico da ferramenta”, acrescenta. A previsão é de que a instalação ocorra imediatamente após a apresentação.

Maior rede de cobertura de SC

Além de todos os benefícios aos estudantes da rede municipal de ensino, a chegada das 40 estações meteorológicas representa um expressivo crescimento na estrutura de monitoramento das condições climáticas de Brusque. Atualmente, a cidade possui 10 estações meteorológicas próprias (e outras 14 de responsabilidade do Governo Federal) e de acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Edvilson Cugik, com os novos equipamentos, praticamente 100% da área urbanizada da cidade passará a ser monitorada.

Isto porque a coordenadoria municipal vai receber, via internet e em tempo real, os dados coletados digitalmente nas estações meteorológicas, ampliando as informações sobre as condições climáticas da cidade. Estes dados, inclusive, vão estar disponíveis à comunidade.

“Já somos parceiros da Educação em outras atividades e abraçamos essa ideia desde o começo pela grande ampliação que ela vai gerar à nossa estrutura atual de monitoramento. A gente já fez um pré mapeamento dos 40 locais mais interessantes, onde teremos a maior cobertura, e podemos remanejar algumas estações que já possuímos. Com essas 40 estações, a gente passa a ser, no estado, a cidade com maior cobertura meteorológica, não só pela questão da chuva, mas também temperatura, vento, e outros, se tornando a maior do estado em cobertura”, evidencia Cugik.
O coordenador lista as análises que os novos equipamentos vão gerar. “Com as estações, a gente ganha com o monitoramento do comportamento do rio, pois temos poucas estações ao longo do rio. Então se quiser saber quanto choveu em determinado ponto do rio, se a chuva foi bem distribuída, o mapa nos traz isso. Um outro ganho é os sensores de umidade relativa do ar, com emissão de alerta, de temperatura e vento, que não temos hoje na rede municipal, e acabamos tendo que usar estações de outros municípios para ter esse aferimento”.
O prefeito Ari Vequi destaca os benefícios para a cidade com a implantação das 40 estações meteorológicas, dentro do projeto de robótica educacional. “Elas podem medir a quantidade de chuva, temperatura e uma série de outros serviços prestados, e as nossas crianças vão ter acesso à essa tecnologia. Nós vivemos no Vale, e temos um sério problema climático, e com isso, as crianças vão poder ter acesso desde pequenas a ferramentas que medem o clima, vento, utilizando muito a inovação, pois é dentro de um processo de inovação e tecnologia que as crianças vão sair das unidades escolares preparadas. Somos hoje a segunda melhor cidade catarinense de médio porte por tudo isso, por esse complexo de educação, saúde, tecnologia, que faz com que a nossa cidade seja um grande destaque”.
Fonte: Site Prefeitura Municipal de Brusque. 

No comments
%d blogueiros gostam disto: